BANALITY SHOW - season 200 [2012]

Toda a nossa realidade se tornou experimental. Na ausência de destino chegámos ao ponto em que somos deixados ao acaso da experimentação ilimitada sobre nós mesmos. O Reality-Show depende da ilusão mediática da realidade ao vivo, e tornou-se em conceito universal, versão condensada do jardim zoológico humano, do gueto claustrofóbico. Reclusão voluntária como laboratório de convivialidade relacional sintética e sociabilidade modificada pela tecnologia. Neste momento em que tudo está à vista (como no Big Brother, facebook, etc.) damos conta de que já não há nada para ver. O espelho do grau zero, da anestesia, comprova o desaparecimento do outro e confere a certeza de que os humanos não são seres sociais.














Sem comentários:

Publicar um comentário